Recebi o diagnóstico de perda auditiva. O que fazer?

O que você vai ler neste post

Ao receber o diagnóstico de perda auditiva e a indicação para o uso do aparelho auditivo, é natural que surjam uma série de dúvidas. O que devo fazer? Vou me adaptar ao aparelho? Terei condições financeiras de comprar o equipamento? Essas são algumas das perguntas que a maioria das pessoas se faz assim que recebe a notícia de perda auditiva. Os questionamentos são esperados e naturais, mas não há motivo para desespero.

Antes de mais nada, é importante esclarecer que a perda auditiva não tem cura. No entanto, Na maioria dos casos o aparelho auditivo devolve ao paciente a capacidade de ouvir os sons com clareza. Os dispositivos atuais são pequenos, discretos e praticamente imperceptíveis. Além disso, oferecem excelente qualidade sonora e contam com uma série de funcionalidades que facilitam o dia-dia dos usuários.

O primeiro passo após o diagnóstico de perda auditiva é procurar um centro auditivo idôneo e iniciar o tratamento o mais rápido possível. Quanto mais cedo a reabilitação auditiva for iniciada, melhores serão os resultados. É importante lembrar que a perda auditiva não tratada pode dificultar o tratamento e aumentar o grau de perda auditiva.

Primeira consulta e escolha do aparelho

A primeira consulta serve, principalmente, para o profissional conhecer o paciente e entender o diagnóstico. Para isso, o fonoaudiólogo escuta as queixas, a história da deficiência auditiva e todos os passos que o levaram até aquele momento. Em seguida, o profissional avalia os exames auditivos, identifica o grau e tipo da perda auditiva e tira todas as dúvidas e expectativas que o paciente possa ter sobre o tratamento.

Em seguida, o fonoaudiólogo indica ao paciente o tipo de aparelho auditivo mais adequado para a sua perda auditiva. Existem uma infinidade de marcas, tipos e modelos de aparelhos auditivos. Quanto maior for a sua demanda auditiva, mais tecnologia você necessitará para ouvir os sons com excelente qualidade sonora.

A escolha do aparelho auditivo é baseada no diagnóstico do paciente, exame auditivo, anatomia do ouvido, as queixas e estilo de vida. Caberá ao paciente escolher as funcionalidades que mais se adaptam a sua rotina. Para uma pessoa ativa e adepta da tecnologia, o ideal são os aparelhos auditivos com conexão direta ao celular, por exemplo. Já pessoas com pouca destreza manual podem optar pelo aparelho auditivo recarregável, que não requer a troca de bateria.

Período de adaptação ao aparelho

A última etapa do processo é o período de adaptação ao aparelho auditivo. Não há um tempo específico e a adaptação vai depender de cada paciente. É importante ter paciência e persistência. Utilizar o aparelho auditivo o máximo de tempo possível tornará o período de adaptação mais rápido, e os sons mais naturais. No começo é comum estranhar o som gerado pelo aparelho e sentir dificuldade de ouvir em ambientes com ruídos.

Com o tempo os sons se tornarão naturais, desde que sejam realizados os ajustes necessários no aparelho. Por isso o acompanhamento oferecido no centro auditivo é fundamental para sua adaptação.  Mesmo depois do período de adaptação é preciso manter o acompanhamento frequente com o fonoaudiólogo para fazer os ajustes e avaliar um possível aumento da perda auditiva.

Tenha o melhor suporte

A OUVI Aparelhos Auditivos é referência em prevenção e reabilitação auditiva há mais de 27 anos. Contamos com uma estrutura completa, equipamentos de última geração e uma equipe qualificada de fonoaudiólogos. Nossos profissionais participam de todas as etapas do processo de reabilitação auditiva e estão prontos para te ajudar a ouvir todos os sons que o mundo tem a oferecer.

Revendedora oficial da Phonak, líder mundial do segmento auditivo, a OUVI conta com um portfólio de mais de 40 tipos de soluções auditivas, incluindo acessórios e aparelhos auditivos de última geração. Nosso objetivo é proporcionar uma reabilitação auditiva perfeita, com conforto e preço justo.

Agende agora mesmo uma visita a uma de nossas unidades. Nossa matriz está localizada na Rua Francisco Sales, 245, bairro Martins, em Uberlândia (MG). A OUVI ainda está presente em outros cinco endereços, sendo outra unidade em Uberlândia e nas cidades de Uberaba (MG), Araguari (MG), Goiânia (GO), Itumbiara (GO) e Catalão.

Leia também: Por que a capacidade auditiva é afetada ao envelhecermos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *