Ageísmo: não deixe que o preconceito o impeça de ouvir

O que você vai ler neste post

Já ouviu falar em ageísmo? Embora seja uma prática diária e por vezes inconsciente, é caracterizada pelo preconceito contra os idosos. Considerar o idoso “desnecessário” ou “improdutivo” e até mesmo a infantilizar os mais velhos podem ser manifestações de ageísmo. Apesar da expectativa de vida da população ser cada vez maior, infelizmente esses casos ainda são comuns e pode fazer com que o idoso sinta-se um estorvo e deixe de se cuidar, incluindo a saúde auditiva. No entanto, não deixe o preconceito impedi-lo de ouvir. Independentemente da idade, a perda auditiva tem tratamento.

Algumas pessoas que praticam o ageísmo costumam dizer que o idoso com perda auditiva não deve procurar tratamento. É comum ouvirmos: “você já está velho, não vai adiantar nada usar o aparelho auditivo”. Pelo contrário. Além de devolver a capacidade de ouvir os sons com clareza, o aparelho auditivo traz outros benefícios para a saúde do idoso e ajuda a manter a autoestima e qualidade de vida em dia.

Estudos científicos apontam que o uso aparelho auditivo é capaz brecar o avanço da demência e auxilia a manutenção da capacidade mental do deficiente auditivo. Ao devolver a capacidade do usuário de ouvir os sons e se comunicar perfeitamente, a prótese auditiva também contribui para que ele volte a interagir em sociedade. Portanto, ajuda a manter em dia o raciocínio, memória e os estímulos cerebrais.

Perda auditiva não tratada traz prejuízos

A deficiência auditiva costuma ser uma doença progressiva e que ocorre lentamente ao longo dos anos. A perda auditiva não tratada pode trazer sérios prejuízos não apenas para a saúde auditiva, mas também para o cérebro. Por isso, é fundamental ficar atento aos sinais de perda auditiva e iniciar o tratamento o mais rápido possível, mesmo os idosos. 

A privação auditiva causada pela falta de estímulos sonoros faz com que as partes do cérebro responsáveis pela audição simplesmente parem de funcionar. É como se o cérebro desaprendesse a escutar. Os sons chegam pelos ouvidos, mas é o cérebro que transforma esses impulsos elétricos na voz do seu filho ou no latido de um cachorro.

Na maioria dos casos de perda auditiva, o uso do aparelho auditivo devolve ao paciente a capacidade de ouvir os sons com clareza e se comunicar com os amigos e familiares. Portanto, não deixe o preconceito o impedir de procurar tratamento e cuidar da sua saúde auditiva.  Afinal, os jovens de hoje serão os idosos de amanhã. E não se esqueça: o respeito ao idoso é uma maneira de combater a discriminação etária!

Maior empresa de aparelhos auditivos do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba

Para que você tenha a melhor experiência auditiva é fundamental procurar quem realmente entende do assunto. Maior empresa de aparelhos auditivos do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, a OUVI Aparelhos Auditivos é referência na prevenção é reabilitação auditiva há mais de 27 anos. Contamos com estrutura completa, equipamentos de última geração e uma equipe qualificada de fonoaudiólogos.

Revenda oficial da suíça Phonak, líder mundial do segmento, a OUVI conta com um portfólio de mais de 40 tipos de soluções auditivas, que se adequam às necessidades de cada paciente. Atualmente os aparelhos auditivos são modernos, pequenos e praticamente imperceptíveis, proporcionando discrição aliado à excelente qualidade sonora.

Agende uma visita a uma de nossas unidades e mantenha-se conectado com o mundo dos sons. Nossa nova matriz está localizada na Rua Francisco Sales, 245, bairro Martins, em Uberlândia (MG). A OUVI ainda está presente em outros seis endereços, sendo outra unidade em Uberlândia e nas cidades de Uberaba (MG), Araguari (MG), Goiânia (GO), Itumbiara (GO) e Catalão (GO).

Leia também: Recebi o diagnóstico de perda auditiva. O que fazer?

Ouvi Aparelhos Auditivos
Ouvi Aparelhos Auditivos

Empresa Especializada em Vendas de Aparelhos Auditivos na interner

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *