Conheça as principais doenças relacionadas à deficiência auditiva

O que você vai ler neste post

A deficiência auditiva é um problema mais comum do que a maioria das pessoas imagina. Ao contrário do senso comum, afeta pessoas de todas as idades, desde crianças até adultos e idosos. E vale ressaltar: além dos prejuízos de não ouvir os sons com clareza, ignorar a perda auditiva pode desencadear uma série de doenças correlacionadas. Depressão, demência e Parkinson são algumas doenças relacionadas à deficiência auditiva. Entenda a relação com cada uma delas e saiba o que fazer para retardar.

Estudo realizado por pesquisadores de Taiwan com cerca de 5 mil pacientes diagnosticados com perda auditiva, com idades acima de 65 anos, revelou que a incidência da doença de Parkinson era praticamente duas vezes mais propensa em um grupo de pacientes com deficiência auditiva, comparado a outro grupo de pessoas sem perda auditiva. A cada grupo de mil pacientes estudados com perda auditiva, 3,11 eram propensos a desenvolver Parkinson. Já entre as pessoas sem perda auditiva, essa relação era de 1,76 pessoas a cada mil.

Mas por que isso acontece? A explicação é muito simples. A doença de Parkinson é uma doença neurodegenerativa que afeta principalmente o movimento. Ela ocorre quando há insuficiência de dopamina no organismo. A dopamina é um importante neurotransmissor responsável por proteger a cóclea de exposições a ruídos. Ou seja, a falta da dopamina poderá prejudicar a cóclea, responsável por converter os movimentos dos ossículos em sinais elétricos e transmiti-lo para o cérebro.

Depressão

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 300 milhões de pessoas em todo mundo sofrem ou já sofreram de depressão em algum momento da vida. Na maioria dos casos, a doença é causada por ansiedade, estresse e isolamento social. É justamente esse último fator que ocorre com frequência em pessoas com perda auditiva. 

A deficiência auditiva reduz os sons que entram pelos ouvidos. Essa diminuição encurta as atividades cerebrais, reduzindo o processamento das informações através da audição. Por isso, é comum que a pessoa com perda auditiva tenha maior declínio cognitivo e apresente dificuldade de memória, raciocínio e de se expressar. Com dificuldade de ouvir os sons com clareza e se comunicar, a pessoa com perda auditiva tende a se isolar e evitar compromissos sociais. Com isso, fica mais suscetível à depressão.

Demência

De acordo com pesquisa publicada no periódico Archives of Neurology por cientistas da Faculdade de Medicina Johns Hopkins, dos Estados Unidos, idosos com dificuldades auditivas têm mais chances de desenvolver demência. O estudo apontou que, a cada dez decibéis perdidos de audição, os riscos de demência aumentam 27%.

Os pesquisadores analisaram dados médicos de 639 pessoas com idades entre 36 e 90 anos. Nenhuma delas sofria de demência. A primeira parte da pesquisa, entre 1990 a 1994, submeteu os participantes a avaliações mental e auditiva. Novas avaliações foram realizadas décadas mais tarde. Do total de voluntários, 125 foram diagnosticados com deficiência auditiva leve, 53 com perda auditiva moderada e seis com perda auditiva profunda.

Aparelho auditivo é o principal tratamento

Diante disso, ficou claro como é importante ficar atentos aos sinais de perda auditiva e procurar um especialista assim que identificar a dificuldade de ouvir? Embora a perda auditiva seja comum, especialmente entre os idosos, o tratamento precoce é fundamental para manter a qualidade de vida, liberdade e independência. Quanto antes for iniciado o tratamento, menores serão os prejuízos.

Com experiência de quase 30 anos no mercado, a OUVI Aparelhos Auditivos conta com as mais modernas tecnologias em soluções auditivas. Somos revendedora oficial da Phonak, líder mundial do segmento. Além disso, contamos com estrutura completa, equipamentos de última geração e uma equipe qualificada de fonoaudiólogos. Prontos para devolver a você o prazer de ouvir os sons da vida!

Não perca tempo e agende agora mesmo uma visita a uma de nossas unidades. Nossa matriz está localizada na Rua Francisco Sales, 245, bairro Martins, em Uberlândia (MG). A OUVI ainda está presente em outros seis endereços, sendo outra unidade em Uberlândia e nas cidades de Uberaba (MG), Araguari (MG), Goiânia (GO), Itumbiara (GO) e Catalão (GO).

Leia também: Perda auditiva induzida por ruído: como identificar?

Ouvi Aparelhos Auditivos
Ouvi Aparelhos Auditivos

Empresa Especializada em Vendas de Aparelhos Auditivos na interner

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *