Saiba como prevenir e tratar as infecções de ouvido no inverno

O que você vai ler neste post

Um frio intenso atingiu várias regiões do país nas últimas semanas. As baixas temperaturas trazem consigo um problema muito comum, principalmente entre as crianças: otite e as dores de ouvido. As infecções de ouvido são causadas por vírus e bactérias e atingem, em média, três em cada quatro crianças até os três anos de idade. Estudos científicos apontam que 60% dos casos de resfriado em bebês de 6 a 12 meses podem virar uma otite média aguda.

Existem dois os principais tipos de otite: externa e média. A primeira acontece com mais frequência no verão, enquanto a segunda é mais comum no inverno. A otite média geralmente tem origem em uma gripe ou resfriado, bastante frequente nos períodos de baixas temperaturas. A infecção ocorre na medida em que a bactéria ou o vírus causador da otite migra da garganta para o canal auditivo, acumulando secreção atrás do tímpano.

Apesar de ter alta incidência, é preciso ficar atento com as infecções de ouvido. Isso porque a otite traz riscos para a audição e pode levar a surdez temporária ou até mesmo permanente. O sintoma mais característico da otite é uma forte dor de ouvido. Outros sinais que podem indicar infecção são redução da capacidade auditiva, falta de apetite, secreção local e até febre. Em casos mais severos, a infecção pode vir acompanhado de vômito, dor de cabeça e dificuldade para dormir.

Saiba como se prevenir e tratar as infecções

Algumas ações simples podem ajudar a prevenir e evitar o surgimento da otite média. A principal delas é limpar com frequência as secreções nasais, especialmente em bebês ou crianças pequenas, caso esteja com gripe ou resfriado. Isso evita que o catarro se acumule no nariz e na garganta, causando infecção no local.

Além disso, a recomendação é procurar um especialista rapidamente caso sinta dores de ouvido por um período prolongado. O diagnóstico precoce é a única forma de prevenir possíveis complicações e evitar até mesmo uma perda auditiva. Na maioria dos casos, o tratamento é feito com antibióticos e cuidados locais, com duração de cerca de sete dias.

É importante ficar atento. Caso não seja diagnosticada e tratada corretamente, a otite pode trazer graves sequelas ou até evoluir para a perda da audição. Isso acontece quando há acúmulo de catarro ou secreção no ouvido, rompimento do tímpano ou imobilização de um ou mais ossos do ouvido.

Tenha o melhor suporte

Se a otite ou infecção de ouvido evoluir para a perda auditiva, seja temporária ou permanente, a OUVI Aparelhos Auditivos está pronta para te ajudar! Referência em prevenção e reabilitação auditiva há quase 30 anos, contamos com estrutura completa, profissionais especializados e equipamentos de última geração. Tudo para proporcionar a você a melhor experiência auditiva possível.

A OUVI é representante oficial da Phonak, empresa suíça líder mundial em soluções auditivas. Por isso, disponibilizamos as mais modernas tecnologias em aparelhos auditivos e acessórios existentes no mercado. Um deles certamente é ideal para atender a sua demanda auditiva e devolver a você a capacidade de ouvir todos os sons com clareza e nitidez.

Agende agora mesmo uma visita ao endereço mais próximo e conheça os benefícios de OUVI. Nossa matriz está localizada na Rua Francisco Sales, 245, bairro Martins, em Uberlândia (MG). A OUVI ainda está presente em outros seis endereços, sendo outra unidade em Uberlândia e nas cidades de Uberaba (MG), Araguari (MG), Goiânia (GO), Itumbiara (GO) e Catalão (GO).

Leia também: Entenda o que é surdez súbita, quais as causas e sintomas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *